quinta-feira, 31 de maio de 2018

terça-feira, 29 de maio de 2018

domingo, 27 de maio de 2018

Em direto

A tarefa do Vilafranquense era muito complicada.
Depois da derrota (3-0) no estádio São Luís em Faro, era preciso uns ribatejanos a roçar a perfeição e uns algarvios num dia menos bom.
Essa acumulação de fatores não aconteceu.
Primeira parte muito equilibrada, com poucas oportunidades, chegando o descanso com um nulo.
Vasco Matos arriscou para a segunda metade - Izata por Marocas - o jogo ficou mais partido, percebia-se que golo andava por perto e surgiu para o Farense, por André Vieira, a vinte minutos do fim.
Eliminatória sentenciada, o Vilafranquense reduziu os estragos, empatando por David, na transformação de uma grande penalidade, depois de uma falta sobre Luquinhas.
Excelente temporada dos ribtejanos, com o sabor amargo de caírem tão perto da glória.
No dia de Portugal, no Jamor, Farense e Mafra - que ascenderam à 2ª Liga - discutem o título do Campeonato de Portugal.

Imagens


sábado, 26 de maio de 2018

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Alentejo à vista

Não sei quando, mas vamos para lá.
Espera aí um bocadinho Alentejo!


Os da Casa


Imagens


segunda-feira, 21 de maio de 2018

domingo, 20 de maio de 2018

Em direto

Pela primeira vez na minha vida assisti à final da Taça de Portugal.
Com o Pedro Correia e o Miguel Alvite fizemos a transmissão para a Rádio Voz de Alenquer.
Contrariamente ao que eu pensava, o Sporting não fez um jogo de raiva, fruto dos acontecimentos dos últimos dias.
Uma primeira parte muito lenta, muito previsível e uma segunda metade uma pouquinho melhor, mas insuficiente.
O Aves foi uma equipa muito determinada, marcou aos 19' por Alexandre Guedes, bisou o ponta de lança aos 72', o Sporting reduziu por Montero (84'), carregou nos minutos finais, mas não conseguiu evitar a derrota.
No culminar de uma sucessão de acontecimentos dos últimos dias, nada podia ser pior para os sportinguistas do que esta derrota.

Os da Casa


Imagens


sábado, 19 de maio de 2018

Em direto

Dia quente e um estádio de São Luís quase cheio para receber o Farense - Vilafranquense.
Domínio de jogo dos algarvios, consentido pelos ribatejanos que sofreram o primeiro golo na primeira metade. Estiveram perto de empatar por Rui Varela, mas um excelente corte do central Cássio, evitou o golo.
No segundo tempo mantiveram-se as características da partida, com o Farense a aproveitar dois erros dos forasteiros para quase sentenciar a eliminatória.
Vamos ver no domingo se o Vilafranquense tem capacidade para dar a volta a esta eliminatória.
Se conseguir merece estar na 2ª Liga no próximo ano.

Alma Vilafranquense

Luís Pinto foi uma das aquisições do Vilafranquense para esta temporada.
Conversámos, na ilha Graciosa, no meu último trabalho - até ao momento - para a revista da SAD do clube.

 

Imagens


quarta-feira, 16 de maio de 2018

terça-feira, 15 de maio de 2018

A Minha Câmara Escura


Alma Vilafranquense

Na primeira passagem pelo Cevadeiro deixou saudades.
Filipe Coelho voltou ao Vilafranquense e falei com ele nessa altura.

 

Imagens


segunda-feira, 14 de maio de 2018

Amarelo em baixa!

Como eu não acredito em bruxas, trata-se apenas de uma coincidência.
Na Primeira Liga de futebol desceram as duas equipas cujo o amarelo é a cor do seu equipamento preincipal.
Outra curiosidade.
As alcunhas das duas formações são castores (Paços de Ferreira) e canarinhos (Estoril), ambam começam por um C e são referências a animais.
Resta-me desejar-lhes um rápido regresso ao escalão principal e dar os parabéns aos ilhéus, Nacional e Santa Clara, que regressam ao primeiro patamar do futebol português.

A Minha Câmara Escura


Imagens


domingo, 13 de maio de 2018

Em direto

Neste domingo fui até Vizela, para a segunda-mão dos quartos de final do play-off do Campeonato de Portugal.
Depois da derrota (0-1) no Cevadeiro, a tarefa do Vilafranquese era muito complicada.
Mas a premonição de Vasco Matos no final dessa partida, "... agora temos que ir à procura da vitória em Vizela, por dois golos, e é isso que vamos fazer", bateu certinha.
Minutos iniciais com a pressão dos vizelenses, mas sem resultados práticos.
No primeiro lance de ataque (19') Rui Varela marcou e a equipa local nunca mais se encontrou. Atacou sempre mais, mas com pouco descernimento.
Na fase final do tempo regulamentar, Carlos Fernandes e Tiago Cerveira - que viu vermelho por acumulação - garantiram o tempo extra.
Chegou o prolongamanto e Luquinhas, logo no início, entrou na área pela direita e rematou cruzado, colocando os ribatejanos nas meia-finais.
O pragmatismo do Vilafranquense ultrapassou as dificuldades sentidas e o critério disciplinar do árbitro.
Para a semana há mais no estádio São Luís em Faro, sábado às 5 da tarde.

Os da Casa


Imagens


sexta-feira, 11 de maio de 2018

O português é uma língua traçoeira!

Na sessão parlamentar de hoje o PSD, pela voz do deputado Ricardo Batista Leite, foi pedida a demissão de Adalberto Campos Fernandes. "Face ao descalabro em que está instalado o Serviço Nacional de Saúde, a única atitude séria que se podia esperar do senhor ministro da saúde era a sua demissão hoje, aqui e agora".
Algum tempo depois, o deputado social-democrata Adão Silva afirmou que o PSD não pediu a demissão do ministro porque "não é esse o estilo do partido".
Para desempatar chegou o líder do partido, que veio dizer "que não foi nenhum pedido de demissão".
Ficámos também a saber que o estilo do PSD é igual ao de Rui Rio "Não é o meu estilo pedir a demissão de ministros".
O português é traiçoeiro, mas escusam de nos chamar burros.
Vejam mas é se se entendem!

A Minha Câmara Escura