sábado, 18 de novembro de 2017

Praia da Vitória

A esta hora estou a apanhar o avião para ilha Terceira.
O Vilafranquense vai jogar na Praia da Vitória com o Praiense, jogo da 4ª eliminatória da Taça de Portugal.
Desta não viajo com a equipa, mas espero que o resultado seja idêntico à minha última deslocação aos Açores, quando tive o prazer de conviver com os artistas da bola durante três dias.
Relato na Voz de Alenquer, domingo às 16 horas continentais.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Pizzi

Não sei bem como aconteceu, mas na sequência da operação da Princesa, pensamos em adotar um cão para fazer companhia ao Pablo.
Espreitei no Adopta-me e logo dei de caras com o Noah.
Lindo!
Depois de alguns contactos, lá fui buscá-lo a casa da Mãe adotiva, faz hoje um ano.
O Ricardo escolheu o nome e ficou Pizzi.
Com um ano e pouco, continua irrequieto.
O Pablo que o diga!
Por mera coincidência, chegou ao Principado no dia do aniversário da partida do meu Pai.

Uma saudade com 12 anos

Os anos voam!
Esta foto terá uns 55 anos, algures em Caxarias, aldeia de nascimento da minha Mãe.
Eu e o meu Pai estávamos bem dispostos e a Isilda terá sido a fotografa.
Tivemos sempre uma relação de cumplicidade.
Cedo comecei ir aos jogos de futebol com o Joaquim, para vermos o Alverca.
Os meus primeiros cigarros foram um segredo só nosso!
Não me recordo de termos visto o nosso Benfica na velha Luz, mas eras um grande benfiquista.
Hoje, se cá estivesses, estavas a sofrer com a forma como menosprezam as nossas vitórias, gente invejosa que já se esqueceu como conquistou alguma das suas.
Mas deixa Pai, a justiça vai-nos dar razão.
Um beijo grande!

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Casamento sem selfies

A tenista norte-americana Serena Williams casou-se hoje com Alexis Ohanian, depois de ter sido mãe a 1 de setembro.
Sabe-se pouco da cerimónia que vai decorrer no Centro de Arte Contemporânea em Nova Orleães, cujos custos deverão chegar a um milhão de euros.
O secretismo vai ao ponto dos cerca dos 250 convidados só esta manhã ficaram a conhecer os pormenores da festa, sendo conhecido que entre eles estão Beyoncé e Jay-z, Eva Longoria e Meghan Markle, namorada do princípe Harry de Inglaterra.
Chegados aqui, estão vocês a perguntar: O que se passa com o Tio Jorge para estar a fazer um post sobre um assunto cor-de-rosa?
Porque todos os convidados estão proibidos de fazer fotografias, pois Serena venceu o exclusivo à revista Vogue.
Será que eles aguentam?

Os potes da Rússia

Esta madrugada foi conhecido o último apurado - Peru - para o mundial russo que se realiza no próximo ano, entre 14 de junho e 15 de julho.
Pela primeira vez o sorteio da fase final - que decorre a 1 de dezembro - vai ter a divisão das seleções efetuada exclusivamente em função do ranking existente no final de outubro, pois até aqui a FIFA apenas escolhia os cabeças de série, sendo que as restantes seleções eram arrumadas por critérios geográficos.
Fruto desta alteração, vamos lá conhecer os 4 potes:

Pote 1: Rússia, Alemanha, Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polónia e França
Pote 2: Espanha, Peru, Suiça, Inglaterra, Colômbia, México, Uruguai e Croácia
Pote 3: Dinamarca, Islândia, Costa Rica, Suécia, Tunísia, Egito, Senegal e Irão
Pote 4: Sérvia, Nigéria, Austrália, Japão, Marrocos, Panamá, Coreia do Sul e Arábia Saudita

Enquanto não temos sorteio, fique a saber que não podem encontrar-se seleções do mesmo contingente de apuramento, exceção para as europeias que podem coabitar duas em cada grupo.
Especulando, podemos ter Portugal e Espanha, juntas, na primeira fase de apuramento.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

E agora os livros ...

Uma das coisas que me dá prazer é pegar num livro e usufruir da sua riqueza.
Depois da minha passagem à pré-reforma, o meu tempo de leitura diminuiu muito, antagonicamente à minha disponibilidade.
Era no comboio que eu aproveitava para ler, pelo que ultimamente não tem sido fácil conseguir a disponibilidade para a leitura.
Em resumo, preguiça!
Vamos ao que interessa.
A partir de agora vou dedicar, pelo menos 30 minutos por dia para dar cabo dos muitos livros que por aqui andam.
Ontem, numa visita à ARIC, ofereceram-me os 20 Anos ao Serviço das Rádios Locais que estou a ler e de seguida vou-me estrear com José Luís Peixoto.
Agora não pára!

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Inventividade?

Antes de entrar no assunto, quero esclarecer que não tenho nada contra o António Tadeia.
Há 30 anos tive uma formação, para Rádio, com o Adelino Gomes e retive uma afirmação desse mestre da comunicação.
Quando estamos a ser ouvidos, temos que nos lembrar que não conhecemos o nível cultural de quem nos ouve, ou seja, devemos utilizar uma linguagem clara e fácil para ser entendida por todos, senão corremos o risco de usar uma palavra cara e o ouvinte fica ali na comunicação, a pensar o que o ele queria dizer.
Vamos ao facto.
Portugal defrontava a Arábia Saudita e um jogador português tentou criar um lance que surpreendesse a equipa árabe.
Tadeia deixou-me ali, afirmando que o jogador usou de "inventividade".
Não seria mais fácil uma palavra acessível a todos?

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Que Regulamento é este?

Ontem, no caminho para Torres Vedras, dizia ao Pedro Castelo que ainda não tinha ido verificar os fatores de desempate para a apurar os três melhores segundos classificados do Campeonato de Portugal.
Explicando melhor, estamos a falar de uma cometição com cinco séries de 16 equipas, apurando para o play-off os primeiros classificados e os três melhores segundos, para subirem duas equipas à 2ª Liga.
Este manhã fui consultar o Regulamento da prova, no site oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).
Nem queria acreditar!
Como vêm na foto, a informação está errada.
Mais, podia ser uma questão de desatualização em relação à temporada anterior, mas não, também não foi assim em 2016/2017.
Já questionei a FPF e estou a aguardar resposta.
Não acham que a isto se pode chamar incompetência?

domingo, 12 de novembro de 2017

Em direto

Este domingo o relato foi no estádio Manuel Marques em Torres Vedras.
Dois destaques.
Uma excelente assistência, de fazer inveja a alguns jogos da Primeira Liga e a extrema correção entre todos os jogadores.
Um bom jogo entre duas equipas que se respeitaram mutuamente, mais Vilafranquense em quase todo o jogo e um golo solitário de Ragner valeram os três pontos para os ribatejanos, que assim reforçaram o segundo lugar a dois pontos do Mafra.

50 anos com um X

Os 50 anos da Xana foram comemorados de ontem para hoje, à mesa de um restaurante no Parque das Nações e com direito a alguma bailação.
Uma noite bem gira, com gente bem disposta e de bem com a vida.
Que venham mais uns tantos.
Fica também por aqui o vídeo que eu e o Ricardo fizemos para a aniversariante.

sábado, 11 de novembro de 2017

Em direto

Na estreia dos meus Shure, uns auscultadores com micro incorporado, fui fazer a narração do Alenquer - Boliqueime, o primeiro jogo de hóquei em patins da temporada na Rádio Voz de Alenquer.
Tive a companhia do José Pedro Inácio, irmão do Nuno Inácio, que se estreia esta época nos comentários, pois o nosso habitual comentador - Rui Miguel Inácio, sobrinho do Zé - faz parte da equipa técnica dos alenquerenses.
Foi um jogo entretido, com o Alenquer a dar dois golos de avanço, mas a conseguir recuperar na segunda parte, vencendo (5-3) com golos do Kiko (3), Henrique e Alex. 
Acho que foi um bom relato, apesar do retorno praticamente não existir, ao ponto de não nos ouvirmos um ao outro, também fruto do muito baralho que os Ultras fazem na bancada.
Um Alenquer que tem tudo para fazer uma época tranquila.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Estreia antecipada

A estreia dos meus novos Shure foi antecipada.
Vai ser amanhã, no pavilhão do Alenquer, na receção ao Boliqueime.
A pretinha vai balançar a rede!

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Agora sim!

Aqui estão eles!
Estreia marcada para domingo em Torres Vedras.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

No tartan

O título sugere atletismo, mas não é disso que se trata.
Curiosamente já corri duas vezes neste piso, no estádio Nacional, quando existiam as provas de atletismo entre escolas, onde na altura representei a minha Gago Coutinho.
Era tão versátil que participei nos 1500 metros - aquilo parecia que nunca mais acabava - e na estafeta 4x100 metros.
Mas voltemos ao tema.
O Facebook tem destas coisas e recordou-me que há dois anos fiz o relato do Povoense - Carregado.
Como não havia nenhum local para fazer a narração, fui para a pista de tartan que rodeia o campo, eu e duas cadeiras.
Pedida autorização ao árbitro, identificação efetuada, lá fiquei ao sol e numa posição ingrata para contar o que ia vendo.
Mas os ouvintes querem ouvir as histórias do jogo e elas lá chegaram ao auditório da Rádio Voz de Alenquer.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Mais uma voltinha ao VAR

Vamos lá voltar ao VAR.
Vou falar de dois lances idênticos que tiveram decisões diferentes por motivos ... diferentes.
Segundo o protocolo do VAR, se um golo ou um lance de que resulte uma grande penalidade, for antecedido de uma falta, o vídeo-árbitro deve intervir, anulando essa decisão e reatando o jogo no lugar onde a primeira falta existiu.
Vamos aos factos.
Aves - Benfica, Jonas empurra Nildo a meio-campo, o árbitro não vê e na sequência do lance resulta um penalty favorável aos encarnados. No final do jogo ficou a saber-se que o VAR deixou de funcionar aos 66', sendo que este lance já foi dentro desse período de silêncio do sistema.
Sporting - Sporting Braga, Doumbia faz falta sobre Ricardo Ferreira à entrada da área, o árbitro não marca e no lance seguinte há falta para grande penalidade favorável aos leões.
E o VAR?
Desta vez estava a funcionar ... mas não viu.
Não vale a pena arranjar teorias da conspiração.
Os erros nunca vão desaparecer.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Gostam tanto do Benfica!

Esta foto foi tirada às 17:03 horas de hoje.
Inicialmente, quando vi o título em rodapé, até pensei de que modalidade estavam a falar.
Mas depois percebi.
A força que a Sporttv faz para o Benfica estar mais longe.
Reparem na subtileza: " ... já estão ... ".
Gostam mesmo do Glorioso!

domingo, 5 de novembro de 2017

Um e meio para cada um?

Esta é daquelas coisas que me irritam!
Site da RTP.
Quando vão deixar de pensar que dividir 3 pontos por 2 equipas, dá 1 para cada?
A matemática é uma coisa muito complicada!

Em direto

A narração de hoje foi no Cevadeiro.
Depois da primeira derrota no campeonato, no último domingo em Mafra, havia alguma expetativa para perceber a reação do Vilafranquense, nesta partida com o Lusitânia dos Açores, equipa de Angra do Heroísmo, ilha Terceira.
Não podia ter sido melhor.
Cedo chegou o primeiro o golo, com David a marcar de penalty, que bisou ainda na primeira parte, num daqueles livres em que bola passa por toda a gente, não bate em ninguém e engana o guarda-redes.
Reagiram os açorianos na segunda metade, mas cedo se percebeu que os três pontos iam ficar em Vila Franca de Xira.
Para o jogo terminar em goleada, nos dez minutos finais Luquinhas e Luís Pinto definiram o marcador final.
Obrigado Marco pela foto.

sábado, 4 de novembro de 2017

Última hora

Estreia adiada.
Novidades para a semana.

Viva o leitão

No caminho para a almoço, esta manhã, fui à procura da data do primeiro encontro na Churrasqueira Rocha, deste convívio do Gang da Mealhada.
Dez anos!
É verdade.
Já há uma década que lá vamos usufruir dos prazeres do porquinho pequenino, sempre excelente no restaurante sabiamente dirigido pela Dona Helena.
Hoje foi o maior grupo que se deslocou à capital do leitão, faltando apenas um para termos uma equipa de futebol.
Mais um sábado bem passado, mesmo com algumas birras dispensáveis.
Coisas de reformados!

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Pablo Aimar


O Padrinho faz hoje 38 anos.
Parabéns!

Regimento Disciplinar da Assembleia da República

Agora que estou mais tempo em casa, levo muitas vezes com as sessões da Assembleia da República (AR).
Hoje fui tentado a criar um regulamento disciplinar, semelhante ao que acontece no futebol, para os deputados da Nação.

Antes disso, há a necessidade de criar uma Comissão Disciplinar da AR, que devia ser formada pelos comentadores desportivos dos vários programas sobre futebol que passam nos diversos canais. Para não serem muitos, vá lá um por programa. Claro que estes "juízes" não recebiam nada. Caso não aceitassem a nomeação, eram corridos do painel do canal onde estavam.

Cá vai a minha proposta disciplinar para estes 250 "jogadores".

- Não respeitar o tempo que têm para falar (com 1' de tolerância): 15 dias de ordenado;
- Por cada caso de reincidência, 1 mês de ordenado;
- Por caso gesto ofensivo, 10 sessões parlamentares com as mãos atadas atrás das costas;

- Falar, quando um deputado está a intervir: 1ª vez, cartão amarelo; 2ª vez, 1 hora de castigo numa sala sem televisão, nem bar; 3ª vez, 1 semana de ordenado e assim sucessivamente, até 1 mês. Chegado aqui, é cartão vermelho, expulsão da AR, sem substituição na sua bancada.
- Por cada mentira emitida (não falo em promessas) provada pela Comissão Disciplinar da AR: Seis meses de exclusão, sem receber. Em caso de reincidência, cartão vermelho, expulsão da AR, sem direito a substituição na sua bancada.
- Exercer outra atividade, renumerada, fora do Parlamento: 10 anos de castigo sem puder ver o seu clube do coração.

Acho que poupávamos uma pipa de massa, além de nos vermos livres de uma cambada de incompetentes. 

Cartão do Cidadão

Nos últimos anos o Simplex tem-nos facilitado a vida.
Pouco a pouco fomos conseguindo - via internet - fazer diversos pedidos e alterações, que nos obrigava a perder tempo em deslocações a repartições públicas.
Há pouco tempo deixou de ser necessário alterar a morada da Carta de Condução, aquando da mudança de residência, sendo que a existente no Cartão do Cidadão (CC) é a que conta.
Agora também já é possível alterar essa mesma morada sem sair de casa.
Basta ir ao Portal do Cidadão, fazer a alteração, esperar a receção de uma carta com um código para poder fazer a confirmação da mesma na aplicação do CC.
Claro que é preciso algum material informático: um computador e um leitor de cartões.
Gosto disto!

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Nova aquisição

Quando este ano colaborei com a HP TV no Interregiões de hóquei em patins, na Mealhada, o Pedro Jorge Cabral trouxe uma surpresa: "Uns auscultadores novos para o meu narrador preferido".
São um espetáculo!
Voltei a usá-los no Troféu Jesus Coreia em Cascais, tendo aumentado a vontade de ter uns iguais. 
Depois de vários meses de namoro, o casamento aconteceu.
Já chegaram ao Principado.
Agora falta montar as fichas e estreá-los, provavelmente no domingo, na receção do Vilafranquense aos açorianos do Lusitânia.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

PCEC

Dificuldade em perceber o título?
Processo Construção em Curso.
Vai ser uma trabalheira!

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Puzzles

Voltou a febre ao Principado!
Depois de uma larga ausência, estamos todos focados.
O Ricardo monta-os de olhos fechados, com a nossa preciosa ajuda, que vamos colocando uma peça aqui e outra acolá.
Hoje terminámos mais um, o Mundo Europeu.
E já aí vem mais um, este de 2000 peças!

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Almoço e gangs

O Gang da João XXI é o último nesta descrição que tenho vindo a efetuar.
Este, como o da 5 de outubro, é composto por colegas que conheci aquando da minha mudança para o antigo edifício-sede do BNU, que dentro de pouco tempo - segundo consta - vai ser transformado num hotel.
De dois em dois meses reunimo-nos na Camponesa das Beiras, com aqueles que foram saltando para a Sede, sendo que como já expliquei no último post sobre este assunto, antes do final do ano todos estarão no edifício da João XXI, onde ingressei pela primeira vez em novembro de 1993.
Provavelmente vou dividir o grupo ao meio, ou outra solução que vou tentar encontrar.
Talvez um almoço trimestral, no outro local, com toda a gente, tipo casamento! 

domingo, 29 de outubro de 2017

Em direto

Alguém acredita que a 29 de outubro estavam 30 graus em Mafra?
Pois é, mas estavam e sem ponta de vento.
E o calor dentro da cabine de imprensa? E com as cervejas tão longe :) :)
Um fator acrescido de dificuldade, numa tarde onde se discutia a liderança da série D do Campeonato de Portugal.
Um Campo Dr. Mário Silveira praticamente cheio, enorme entusiasmo e um grande fair-play entre todos os que assistiram.
Primeira parte muito equilibrada, quase sem ocasiões de golo, com o goleador dos da casa - Bruninho - a marcar, pois depois da defesa de Carlos Fernandes, beneficiou de uma carambola no guarda-redes e inaugurou o marcador.
Filipe Coelho - esta semana foi notícia pela possibilidade de ir para o Estoril - lançou Gonçalo Gregório ao intervalo e o Vilafranquense dominou a segunda metade.
Mas na melhor fase dos ribatejanos surgiu o segundo golo dos visitados, aproveitando Mauro da melhor maneira um erro defensivo.
Os forasteiros mantiveram a pressão e reduziram por Marocas, e só não chegaram ao empate porque João Godinho fez uma defesa espantosa a um cabeceamento de Balu.
Um ponto para cada lado era justo, mas já se sabe que no futebol nem sempre há justiça.
Duas palavras para o árbitro de Leiria: muito fraco!

sábado, 28 de outubro de 2017

Modernices, cuidado com o meu coração!

Sempre fui um adepto das modernices.
Não cheguei cedo à internet, mas o meu primeiro telemóvel chegou ainda no século XX.
Atualmente existem diversos sites onde podemos receber no telemóvel as atualizações do resultado de diversas modalidades.
Claro que o futebol é uma delas.
Um dos problemas, é que por vezes o delay provoca que a informação chegue antes de a vermos na televisão.
Ontem estava a ver o Benfica - Feirense - na altura estava 1-0 - quando recebi a mensagem.
Benfica 1 - 1 Feirense.
Que chatice, pois na televisão ainda ganhava o Glorioso.
A informação dizia que o golo tinha siso obtido aos 34'.
Verifiquei noutro site e confirmava-se.
Passou o minuto 34, 35 e nada, até que chegou a correção, três minutos depois.
Golo anulado!
Mas qual, se não houve nenhum lance suscetível de dúvida?
Querem é dar-me cabo da máquina!

Independência?

Não é só no futebol que a rivalidade entre Madrid e Barcelona é terrível.
Há muito tempo que os catalães querem ser independentes.
São duas cidades que conheço e são, certamente, duas das mais espetaculares da Europa.
Numa luta que já dura há quarenta anos, porquê esta altura para um extremar de posições?
Na minha opinião Rajoy e Puigdemont são dois maus políticos, arrogantes e sem carisma.
Algum deles acredita, que num País democrático como a Espanha, um assunto com este impacto se resolva sem diálogo?
Um referendo cheio de irregularidades, não se elimina com o artigo 155!
Se me perguntarem qual é a solução, não sei.
Mas de certeza que sem bom senso nada se vai resolver.
Ninguém acredita que a Catalunha se torne independente, mas espero que a solução não seja encontrada de forma violenta.
Eu estou a torcer pela Espanha!

Almoço e gangs

Como já expliquei anteriormente, almocei durante muitos meses com colegas diferentes, quando estava no Caixa Directa Universitários.
Com a reforma concretizada, criei dois grupos para nos encontramos à mesa, de dois em dois meses.
Um é o Gang da 5 de outubro.
Inicialmente mantínhamo-nos na Chafarica, mas com a mudança dos serviços para o Edifício Marconi - na Avenida Álvaro Pais, em frente à estação da CP de Entrecampos - mudámos o local de encontro para a Regueira, bem perto deste local.
O Zé Azevedo é o responsável pela mobilização, mas nem sempre é fácil irem todos, porque as horas de almoço não são coincidentes, devido a existirem dois turnos de trabalho.
Mas as mudanças não vão ficar por aqui.
Em breve devem ir todos para a João XXI.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Almoço e gangs

Este Gang nasceu em Loures - já aqui falei dessa ocasião - quando almoçávamos no Ímpar.
Na altura eu e o Barros estávamos por lá, o Tavares Sousa e o Custódio vinham da Sede. 
Mais tarde eu fui para Lisboa e o Barros para Torres Vedras, sendo que nessa altura assentámos a nossa sede gastronómica na Póvoa da Galega, na Churrasqueira Povoense.
Devido a problemas de saúde o Barros deixou de aparecer e aí nasceu o nome, fruto de os três termos o mesmo signo: o Gang dos Sagitarianos. 
Durante muito tempo o churrasco das diversas partes do porco, batatas fritas sem sal e salada sem sal, foram o nosso menu.
Agora com todos reformados, não temos um local certo para almoçar, mas continuamos a encontrar-nos de dois em dois meses, mais dia, menos dia.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Sim Paulo, também são alguns dos culpados

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), foi à Assembleia da República onde foi ouvido na Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto.
O líder da FPF apresentou quatro propostas que ele considera vitais para o futebol nacional.
A determinada altura, questionado por um dos deputados, criticou a postura da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) por não intervir em algumas programas desportivos, em que os comentadores têm atitudes que não beneficiam o futebol.
Estava a ver a SIC Notícias, quando na sequência da peça sobre este assunto, Paulo Garcia veio defender estes programas, criticando o presidente da FPF.
Pois é Paulo, o problema é que o Fernando Gomes tem razão.
Claro que não são os culpados de todos os males, mas não era mais benéfico que os comentadores dos diversos programas analisassem os jogos, enaltecendo as dificuldades do árbitro, sublinhando as manhas dos jogadores, escalpelizarem as questões táticas - será que sabem ? - em vez de só levantarem dúvidas sobre a honestidade de todos e conseguindo ver ou não ver faltas que só a cor clubística os impede de analisar com verdade.
Paulo, não vejo nenhum dos programas que passam na televisão, mas nos resumos que vou vendo na tua SIC Notícias, tenho visto atitudes que fazem corar as pedras da calçada.
Mas percebo Paulo, tem que haver sangue para haver audiências!

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Machismo à Neto

A notícia caiu com estrondo no início desta semana.
Há um Juiz no Tribunal da Relação do Porto que entende que um homem pode espancar uma mulher, desde que ele seja adúltera.
Frequentemente usa passagens da Bíblia para justificar os seus acórdãos, como exemplo recordar que a mulher adúltera era punida com a morte.
Noutra situação afirmou que uma mulher que comete adultério é "falsa, hipócrita, desonesta, desleal, fútil, imoral".
São vários os casos em que anula penas por violência doméstica, num dos casos um marido que agrediu a mulher com um filho de 9 dias ao colo, considerando que "não tem a gravidade suficiente".
E se for um homem adúltero, Senhor Dr Juiz, damos-lhe um louvor?
Há muitos anos que tenho a convicção de que advogados e juízes são os principais culpados de muitos dos problemas da humanidade, mas este Neto de Moura devia ser afastado das suas funções, se fossemos um País como deve ser.
Fiquem com a cara.
Se se cruzarem com ele chamem-lhe MACHISTA!
E outras coisas, se vos apetecer.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Almoço e gangs

Este é um texto com bolinha vermelha, pois vou falar de casos de Menáge à Trois.
Não um, mas dois!
São mais dois gangs que sobreviveram e que para já se encontram em sítios diferentes.
Falando destes encontros à mesa - o que estavam a pensar? - o Gang MàT I encontra-se, por enquanto na Chafarica e normalmente à sexta-feira por causa da picanha, onde estão a Teresa e a Isaura.
O Gang MàT II almoça na Camponesa, como vai acontecer hoje, com a companhia da Soraia e da Kátia.
Uma vez por mês!

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Almoço e gangs

O convite tinha chegado antes de deixar a Caixa.
Um grupo de colegas da zona Oeste - já reformados - almoçavam mensalmente.
Logo disse que quando chegasse a minha reforma faria parte do grupo.
Hoje tenho a responsabilidade de saber quem vai, num grupo de mais de 20 pessoas, que se reúnem, normalmente, na última sexta-feira de cada mês.
Assim criei o Gang do Oeste, que se junta à mesa perto do Sobral de Monte Agraço, mas vai fazendo incursões a outros locais, nomeadamente à Ericeira.
Uma curiosidade.
Sou o mais novo deste grupo, onde existem dois colegas com mais de 80 anos.

domingo, 22 de outubro de 2017

Balizas com barbas

Esta história começou a meio da semana.
Svilar e José Sá foram titulares na Champions.
Não correu bem, as suas equipas perderam e eles não ficaram isentos de culpas.
Cometeram erros como cometem todos os guarda-redes.
Depois chegámos às conferências de imprensa, para o lançamento da jornada da Liga deste fim de semana.
Sérgio Conceição cedo se exaltou, irritou-se com as perguntas dos jornalistas sobre a ausência de Casillas e explicou "O José Sá tem um grande problema: tem a barba muito grande. Se calhar por isso é que toda a gente escreveu que deu um frango. Um guarda-redes sem barba normalmente é perdoado por aquilo que faz. Com cara de menino, com borbulhas, que ainda não tem barba ... talvez seja por isso que tudo lhe é desculpado".
Chegou a vez de Rui Vitória, na antevisão à ida a Vila das Aves.
Os jornalistas foram em busca da polémica e a resposta foi esta "Não vou comentar qualquer frase de colegas de outros clubes. Svilar é o guarda-redes ideal para ir para a baliza neste momento. Se nas outras casas mudam por isto ou por aquilo, por conversas, por ser mais novo, por ser mais velho, por e-mails, por telemóveis, não sei o que se passa nas outras casas".
No final do jogo de ontem - goelada (6-1) do FC Porto - com o Paços de Ferreira, Sérgio Conceição afirmou sobre o mesmo assunto "Eu não sei o que ele disse [Rui Vitória], porque não vi a conferência, mas se calhar está um pouco perturbado com o momento menos bom do Benfica".
Leiam e tirem as vossas conclusões.
A educação não se compra, conquista-se ao longo da vida.
Mas alguns nunca vão lá chegar!

Em direto

Regresso às narrações depois de uma semana de descanso.
No Cevadeiro os alentejanos do Eléctrico de Ponte de Sôr deram muito trabalho ao Vilafranquense.
Percebe-se que os ribatejanos crescem em cada jogo que passa, pecando, na minha modesta opinião, pela concretização.
Mas hoje, deram a volta ao resultado com dois golos deliciosos.
Depois de estarem a perder (0-1) na primeira parte, Luquinhas inventou um slalom gigante e empatou antes do intervalo.
Na segunda metade o domínio do Vilafranquense acentuou-se, mas a bola estava teimosa, até que Marocas saltou do banco e, de bicicleta, levou os da casa aos três pontos.
No próximo domingo temos um duelo no Dr. Mário Silveira, em Mafra, entre os dois primeiros classificados.

sábado, 21 de outubro de 2017

Almoço e gangs

Trabalho arrumado, até no título, pré-reforma confirmada - a reforma só chegará em dezembro de 2019 - precisava de encontrar uma solução para os almoços com os colegas.
Olhando para todos os encontros que mensalmente tinha, praticamente tinha que ir todos os dias a Lisboa.
Feita uma racionalização, criei diversos gangs, integrei um e continuo com esta excelente maneira de me encontrar com amigos e amigas que vão fazer sempre da minha vida.
Vamos lá conhece-los.
Este que é o gang original, o da Mealhada.
Já falei aqui nele - já tem uma versão alargada que se vai reunir à mesa trimestralmente - e todos os meses nos encontramos na Ti Lurdes, que é uma espécie da sede destes sete elementos cujos nomes já referi anteriormente.
Nos próximos dias vou falar dos outros.

Puzzles

Tudo terá começado com uma prenda de Natal ou de aniversário.
Um puzzle.
Logo se percebeu a intuição inata que o Ricardo tinha para os fazer com rapidez.
Com o correr dos anos foi fazendo vários e cada vez com mais peças.
Até faz confusão a facilidade com ele encaixa as peças no sítio, assim do nada, apesar de como eu costumo brincar, as mais difíceis sou eu que descubro.
Já há muito tempo que este andava um dentro da caixa, mas esta empreitada começou no início da semana e o Túnel de Cervejas ficou pronto ontem à noite.
Enquanto não chega o próximo, vejam este e os outros que decoram as paredes cá de casa.