segunda-feira, 9 de abril de 2007

Voar

Não podemos deixar de voar
Dei comigo a pensar, logo pela manhã no caminho para o trabalho, no anúncio que o Ministro do Ensino Superior, Mariano Gago, vai fazer logo às 18h00, que bem provavelmente alterará o futuro de umas largas centenas de pessoas, alunos da Universidade Independente, eu inclusive.
Já há uns dias atrás emiti a minha opinião sobre o tema (leia aqui), e não altero nem uma vírgula à minha convicção da altura.
Regresso ao meu caminho matinal. No alcatrão da estrada um pombo empurra com destreza um pedaço de pão para cima do passeio, para depois começar a depenicá-lo, já no passeio, onde se encontra mais seguro.
Mais à frente, um gato jaz morto, provavelmente atingido por um automóvel.
O contraste entre a luta pela vida, pela sobrevivência e a hora final.
O fim da UnI pode ser hoje, mas é importante que todos nós, alunos daquela Instituição, não nos deixemos abater, seguindo o exemplo do pombo que por esta hora estará a voar algures por aí.

2 comentários:

celiapaulino disse...

é isso mesmo, não te deixes abater. o sonho comandava a vida como já dizia a canção..... temos de correr atrás dele.
Beijos

Ouriço disse...

Coragem!
Tudo se resolve e a crise do ensino superior atravessa, atinge-nos a todos, privados e públicos.
Boa sorte...
Bjs para os dois.